quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Fé e tipos de fé

video

FÉ E TIPOS DE FÉ
(Fezinha)

Tipos de fé. Certamente você já ouviu falar em vários tipos de fé. As opiniões dos homens variam bastante. Até o dicionário dá diversas opiniões como, por exemplo: fé plena confiança numa verdade. Valor ou confiabilidade de uma pessoa, idéia ou coisa.
Fé é lealdade a alguma pessoa, ou coisa crença em Deus, ou uma convicção religiosa.
É também um conjunto de princípios ou crenças são tipos de fé. Este é um assunto que pertence não somente aos tempos passados.
A nossa época também se interessa no que se chama fé. Nada melhor do que examinar alguns tipos de fé para ver se serve para nós, quando pensamos em Deus.
 Um escritor evangélico por nome de Martin De Ron ditou um compêndio sobre o assunto: tenho eu o tipo certo de fé?
É o título desse livro. E são descritos alguns tipos de fé, como se segue, por exemplo:
Calma e confiantemente um cientista exemplifica que o universo nasceu a bilhões de anos atrás por uma explosão.
Ele apresenta slads de planetas, cometas e galáxias, com fatos muito interessantes. Mais quando ele diz a seus ouvintes que tudo isto começou por acaso, ele manifesta uma crença que não tem provas nenhuma.
A fé que ele manifesta é nas suas hipóteses.
Outro exemplo vê uma jovem numa rua cuja maneira de vestir fala do fim do mundo. Pacientemente encarando os motoristas que param num sinal, procurando vender flores.
Ela sacrifica mais um dia para sustentar uma seita cujo guru diz que Deus falou que ele é o Messias. Aquele jovem crê no seu líder. É um tipo de fé.
Outro caso é de inúmeras pessoas encurvando-se reverentemente em direção a sua cidade santa. Estes devotos da sua religião ancestral do oriente médio param três vezes ao dia para orarem a um “deus” que se chama Alá. Eles têm fé em Alá.
Explicamos o que significa islamitas, os seus líderes do profeta Maomé o qual se opõem frontalmente ao cristianismo no século VII da era cristã. Hoje são milhões que crêem em Alá.
O autor passa a dar o exemplo de um preletor sofisticado que prega fervorosamente que o homem deve confiar no homem.
Jeremias 17:5  Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!

Conclama todos que ponham termo nas restrições da religião e de Deus.
Exalta a libertação dos conceitos da moral absoluta, e das conseqüências do pecado eu ele não admite existir.
Ele declara que é só o homem que produz o progresso no mundo. A fé dele é no homem.
Você deve saber que ele é típico dos humanistas de nossa época que acreditaram que o ser humano é o centro de todo o universo.
 Mais há outro caso também, bem diferente: velas iluminam aposentos, laçando o seu brilho cintilante sobre pequenas figuras numa prateleira.,
Diariamente uma senhora idosa se ajoelha perante elas, num ritual que aprendeu desde infância. Incógnita, para mundo a fora, ela reza sozinha pela alma de seu finado esposo. A fé dela está na sua religião.
Bom, est caso é bem atual não é mesmo?
Passando para a vida cotidiana e corriqueira o livro diz: tenho eu o tipo Fe fé correta?
Descreve uma dona de casa que entra no carro se assenta e com a chave dá a partida. Não para nenhum segundo para refletir sua a seqüência da parte mecânica do automóvel. Confia nele para levá-la a apanhar roupas e manter lavar, sabendo que tudo está limpo. E quando saiu do super mercado com as compras, confia plenamente que as comidas têm condições de garantir o alimento e a saúde da família.
Voltando a casa, ela disca que o telefone, e nem pensa que o mecanismo pode falhar alguma vez. Confia em muitas coisas diariamente porque sua fé está nestas coisas.
O que este livro que alcançar é uma reflexão da nossa parte, sobre se temos o tipo de fé certo quando pensamos em Deus. E ele pergunta: tenho eu o tipo de fé certa? E indaga, é possível que eu tenha um tipo de fé errada? É suficiente gente crer em qualquer coisa com alguém diz?
Sendo assim, certa idéia religiosa não seria tão  boa quanto qualquer outra? Tais perguntas, são válidas para nossa época, pois apesar das criticas dos céticas, a gente hoje que foi criada na maior incredulidade, mais que querem saber o que é a verdadeira fé em Deus.
Seus corações anelam por algo que o raciocínio não pode satisfazer.
Realmente precisamos de respostas adequadas diante da confusão que reina no mundo sobre a fé em Deus.
Certa vez um pastor ouviu um ébrio de voz rouca pelo álcool dizer espontaneamente: é gente, eu tenho muita fé em Deus.
E não foi o apóstolo Tiago quem escreveu até os demônios crê em Deus e estremecem.
Então a fé em Deus, que fé será esta? Ela é valida para algo que nunca passará com Jesus disse.
Os céus e a terra passarão mais as minhas palavras não hão de passar.
Esta fé em Deus é fundamentada no que ele mesmo falou que revelou pelas sagradas escrituras?
De certo a verdadeira fé provém da aceitação da palavra de Deus e de Jesus Cristo o seu filho.
Em Romanos 10.17 nós lemos: a fé vem pela pregação e a pregação pela palavra de Cristo.
A palavra de Jesus Cristo serve pela autoridade para a pessoa crer. Crê porque sabe que Deus que diz. E é assim que a pessoa chega a ter fé. Ainda nesta vida crendo em Jesus Cristo  recebe a vida eterna.
E o próprio Senhor Jesus disse: a vida eterna é esta, que conheçam a ti como único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo a quem enviaste.
Convidamos o ouvinte a colocar a sua fé, a sua confiança nesta palavra de Jesus, aceitando que
DEUS amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça mais tenha a vida eterna.
Isto foi o que Jesus disse, e esta é a verdade de Deus. Só este tipo de fé, salva eternamente. A fé em Jesus Cristo, a fé nele como o único e suficiente Salvador de nossas vidas. Aquele que é o todo poderoso para perdoar os nossos pecados, e nos dar a vida eterna que ele prometeu.
Ele disse:  eu vim para que tenham vida e a tenham em abundancia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário